sábado, março 15, 2014

Mais que moda: Grunge

Hey! Quanto tempo né? Pensei seriamente em parar com o blog porque não estava gostando do rumo dele, mas alguns amigos e leitores (nem sabia que eu tinha) me convenceram a ficar. Mas para isso farei algumas mudanças em algumas coisas no blog, como expor mais minha opinião sobre alguns assuntos que confesso que tinha um pouco de receio de falar. Espero que gostem.



Ando vendo por ai muitos post sobre o estilo grunge, e como não sou muito ligada no mundo fashion, deduzi que o grunge é tendência, correto? 



Bom, o problema é que o grunge não é apenas uma vestimenta, calça rasgada e camisa xadrez. 

Nirvana

O estilo musical grunge surgiu no final da década de 80, no estado de Washington mais especificamente em Seattle, inspirado em gêneros como hardcore punk, heavy metal e indie rock, com letras que falam sobre algo como, desejo de liberdade, angustia, sarcasmo. A estética do grunge se destacou exatamente por não ter estética, os músicos desse estilo não davam muita importância para isso, tinha aparência desleixada, cabelos compridos e sujos, as calças eram  rasgadas, velhas e sujas, e não gostavam de muita "cena" no palco, era  fazer o som e pronto, sem frescuras, mas com bastante "fúria".
Grunge vai muito além da roupa, é um estado de espírito, é uma vivência, é um estilo musical. "É BEM MAIS QUE MODA"
Nirvana, Alice in Chains, Pearl Jam, Stone Temple Pilots, Soundgarden, são  algumas das bandas que marcaram esse gênero e a época.


Stone Temple Pilots

E o que eu quero dizer com isso tudo? E que fico indignada quando vejo pessoas por ai com camisa xadrez de GRIFE amarrada na cintura e uma calça rasgada de GRIFE dizendo que é grunge quando não sabe ao menos seu significado. Apenas.


Kurt Cobain



É isso galera, não me odeie por isso, mas sinta-se a vontade para expor sua opinião nos comentários, desde que seja com educação. 


Espero que tenham gostado, beijos e até a próxima! 








20 comentários:

  1. Um amigo meu sempre diz "Se vestir como um grunge nao o faz grunge".
    E moda é isso, pega o visual de um milhão de coisas e traz como tendência, a essência fica esquecida debaixo.da etiqueta, rs.

    Beijo, fico feliz com a volta, e animada tbm. 😘
    www.chamedoqvcquiser.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente Carina, eu odeio isso!!
      Obrigada!! ^^

      Beijos

      Excluir
  2. Posso dizer que a moda passa daqui há algum tempo muitas pessoas deixaram de usar xadrez e calça rasgada o mesmo aconteceu com as caveiras, todo mundo usava e agora febre passou, é um pouco irritante porque virou moda ser alternativo.
    Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rsrsrs Exatamente, ser alternativo agora é normal. :/

      Beijos

      Excluir
  3. Tu disse tudo o que eu penso <3 Fico de cara com o tanto de post de "tendência: grunge" por aí nos blogs "de moda". É tanta futilidade, só valorizam a aparência e esquecem o que existe por traz disso :/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato! Fico indignada tbm, mas fazer o que. :/

      Bjo ^^

      Excluir
  4. Apesar de detestar qqr pessoa sem conhecimento nenhum de musica usando roupas alternativas sem saber a sua origem, eu ainda fico feliz com essa banalização...Ficou mais fácil achar roupas que me agradem! rs
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que sou a unica que não fica nem um pouco feliz com isso e que adora garimpar roupa em loja ou em brechó. rsrsrs

      Bjo ^^

      Excluir
  5. Cah, fico muito feliz com seu retorno e devo dizer que amei seu post. Aliás, hoje mesmo na madruga estava escrevendo um texto sobre essa nova mania de tratar o rock como uma tendencia e não como um estlo, eu também tenho pouco costume de expor minha opnião sobre assuntos e resolvi fazer isso hoje de madrugada. Até vou re-editar meu post antes de solta-lo porque o seu texto me clareou as ideias.

    Bites!
    TaryBelmont

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, e que bom que pude te ajudar, fico muito feliz com isso. o/
      Tbm estou feliz em ter voltado, eu adoro meu blog, estava um pouco desanimada, e ainda estou, mas vou me esforçar mais um pouquinho. ^^

      Bjo

      Excluir
  6. Ainda bem que tu não desistiu do blog porque esse post tá demais! Muito triste esse lance de saírem proclamando partes de "tribos" como tendência sem nem se preocuparem com o real significado. Outra coisa que eu não superei é a banalização das blusas de bandas, hoje em dia não tem nem como saber se a pessoa curte mesmo o que tá usando ou só comprou porque achou a estampa bonita. Eu defendo muito esse negócio de "você é o que você veste", pra mim você tem que usar algo porque se identificou de verdade e não porque foi induzido a isso :/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tbm fico incomodada com isso, mas infelizmente não podemos fazer muito.
      Fico feliz que tenha gostado do post. o/

      Beijos ^^

      Excluir
  7. O que está acontecendo nesse mundo??? Acabo de vir do blog da Tary e vi que ela se inspirou nesse post pra fazer o dela.
    Poxa, um estilo como esse que era totalmente contracultura virar moda é tenso! Bom, já aconteceu com o punk chic na Chanel (pasmei!) e agora o grunge veio com tudo graças à Saint Laurent.
    Confesso que achei as peças lindíssimas, mas não faz sentido usar uma roupa que representa um estilo que não se curte.
    E é isso que vem acontecendo com o amado rock n' roll, como disse a Tary, está virando tendência, mas devemos levar em consideração que é tendência pra quem deixa se levar por ela, mas quem é firme nas escolhas, no próprio estilo, não se deixa levar por isso.
    Fica reservado às mentes fracas que acham legal usar a roupinha da moda pra se encaixar na tendência do momento. Por pessoas assim, só tenho a lamentar.

    Adorei o texto \,,/

    ResponderExcluir
  8. Por coincidencia eu fiz um post também dando minha opinião sobre esse assunto. Depois que vi seu post até inclui no meu post um link para o seu post. Depois da uma olhada www.galadedali.com
    E eu curto demais o seu blog, acabei de curtir a página no facebook e quando fizer um blogroll com certeza colocarei seu blog! Beijos

    ResponderExcluir
  9. adorei o post, eu faço faculdade de design de moda e sou apaixonada pela junção de como a moda era em certos períodos e estilos musicais, essa semana mesmo tive uma prova onde escolhi o tema punk, falei de toda a historia é claro mas o chato é que tinha que trazer para a moda nas grifes hoje em dia, ficou um pouco contraditório já que o movimento punk é contra o consumismo mas era um painel fictício então ficou tudo bem no final hahahaha
    theunicornblood.wordpress.com
    facebook.com/theunicornblood

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os punks odeiam isso, mas fazer o que neah?

      Beijos ^^

      Excluir
  10. Olá!
    Tenho uma opinião diferente da sua. Quando tiver um tempinho dê uma lida nesse texto, achei bem interessante: http://abibliadorock.blogspot.com.br/2014/01/sobre-camisas-do-ramones.html

    ResponderExcluir
  11. Adorei esse post! Cheio de fotos bem inspiradoras.
    Beijo!
    ---
    http://cordeiogurte.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Não deixe de comentar, sua opinião é muito importante pra mim. =)
Todos os comentários são respondidos aqui mesmo.